SEO: como ele pode te ajudar a crescer no Google

Postado em 5 de junho de 2020 - Blog

A palavra SEO grande e centralizada com diversas outras palavras pequenas que se referem a ela.

A internet é um ambiente que sempre esteve em constante crescimento, tanto no número de pessoas que cada vez mais têm acesso a ela, como na quantidade de sites, blogs e páginas na web que surgem diariamente. 

Para facilitar a vida dos usuários a encontrarem o que precisam nesse vasto espaço de conteúdo, existem os mecanismos de busca como Google, Bing e Yahoo.

Os buscadores, como o próprio nome diz, busca tudo que esteja na internet e que seja acessível. Por meio de algoritmos, são bastante precisos nos resultados das pesquisas.

Porém, você já deve ter notado que são poucos os resultados que aparecem logo na pri  meira página, mesmo sendo bem provável que ele corresponda ao que procura. De acordo com Advanced Web Ranking, o CTR (taxa de cliques) da primeira página do Google é em torno de 31%, enquanto da segunda página é de 15%. 

Isso torna a disputa pela primeira página acirrada, porque é lá que empresas, agências, blogueiros, influencers querem estar com o seu conteúdo e é onde a maioria dos usuários acessam suas pesquisas.

Mas não se preocupe, o caminho para chegar na primeira página do buscadores não tem mistério, sendo acessível para qualquer um que queira criar conteúdo para internet.

E para isso existem as técnicas de SEO, essenciais para quem quer começar a criar conteúdo para a internet e se destacar. Nesse texto você irá saber um pouco sobre elas e como utilizá-las. 

O que é SEO?

Search Engine Optimization ou Otimização para Mecanismos de Busca, como o próprio nome sugere, são técnicas com o objetivo de melhorar o rankeamento do seu conteúdo nos resultados orgânicos dos mecanismos de busca, como o Google, Bing e Yahoo. 

Antes de tudo, o Google.

O Google é o principal mecanismo de busca utilizado hoje e isso não é mistério para ninguém. Justamente por conta do grande uso dessa plataforma, boa parte dos estudos de SEO costumam utilizá-lo como base. 

Você já deve estar familiarizado com o buscador, mas é bom entender como as informações de sua busca são mostradas. 

Vamos supor que esteja procurando sobre investimentos no Google. Logo de cara irá se deparar com os resultados do Google Adwords, que são anúncios pagos.

                         Resultado de busca do google adwords com vários sites.

Abaixo dele os resultados orgânicos, que são alcançados por meio do SEO.

                         resultado orgânico do google

Seu objetivo é poder conquistar a primeira página por essas técnicas. O uso de Google Adwords não é menos importante, porém, por ser pago, não é tão vantajoso para quem está começando a criar conteúdo para a internet. 

SEO na prática

Existem diversas técnicas de SEO, elas podem ser realizadas por você ou por uma equipe dedicada a isso. Hoje não existe dificuldade em desenvolvê-las, sites como Wordpress ou Wix, por exemplo, facilitam o uso dessas técnicas por meio de plugins. 

O SEO pode ser classificado em dois tipos: SEO ON-Page e SEO OFF-Page. Vamos a entender cada uma.

 

SEO ON

São as técnicas que podem ser trabalhadas dentro do seu conteúdo para que ele tenha um bom desempenho nos mecanismos de busca, além de você ter total controle sobre essas técnicas. Abaixo listamos algumas delas:

Título

Todo mundo sabe que ao escrever um texto o título pode fazer a diferença para gerar cliques, sendo um fator chave para que as pessoas se sintam atraídas a ler o seu texto ou não. Em SEO existem dois tipos: o SEO Tiltle e Title Tage

O SEO Title é o título que fica disponível no mecanismo de busca e pode ser diferente do Title Tag. Isso porque existe uma limitação de caracteres no buscador que, caso seja ultrapassado, pode vir a afetar o seu rankeamento. Veja o exemplo abaixo:

                         exemplo de buscas sobre marketing com exibição de sites

Já o Title Tag é o título interno e é esse que o seu leitor vai ver assim que acessar o seu conteúdo. É preciso ter uma atenção especial nessa parte, porque ele não pode se distanciar do SEO Title.

                      resultado de busca do google "o que é marketing?"

 

Continuando com o exemplo acima, ao clicar no conteúdo do Rockcontent você pode notar que o título é diferente e mais extenso, porém ainda com relação ao tema.

URL

Dentro dos mecanismos de busca, a URL também influencia no rankeamento. Então fique atento se ela contém a palavra-chave do seu conteúdo e está de acordo com ele. Também é bom observar o seu tamanho, não adianta colocar diversas palavras na URL acreditando que isso vai melhorar o seu desempenho. 

Evite números e caracteres aleatórios. O ideal ao montar uma URL é que ela seja separada por hífen, composta por letras minúsculas e curtas. É o que chamamos de URL amigável, com a palavra chave do seu conteúdo, curta e com relação ao assunto pautado. 

Imagem

Pode não parecer, mas a imagem é um ponto que também afeta seu rankeamento. Então, quando for escolher uma para ilustrar seu texto procure relacioná-la ao tema. Coloque o nome do arquivo de acordo com o imagem, não salve com nomes aleatórios.

Fique também atento ao tamanho da imagem, considere que ela vai ser aberta tanto em computadores como em celulares. Imagens pesadas demais demoram para carregar, o que pode fazer o usuário desistir de acessar o seu conteúdo.

Um outro ponto é a criação de texto alternativos, eles são necessários para a descrição daquela imagem, sendo essencial para o buscador entender sobre do que se trata e até mesmo para acessibilidade.

Conteúdo:

Como foi colocado aqui, existe um vasto mar de conteúdo na internet, o uso das técnicas de SEO não serão suficiente se o que você produz não for original. Isso não quer dizer que não deve só evitar copiar terceiros, mas, sim, construir algo que seja diferente dos outros.

Seu conteúdo também precisa ter palavras-chave. Se não sabe como utilizar, pesquise sobre o assunto que quer desenvolver e observe como outros sites estão trabalhando o tema. No fim das páginas de busca do Google costumam aparecer pesquisas relacionadas ao que você procurou, o que ajuda também nessa tarefa.

                            resultado de pesquisa do google com palavras chaves

Leve em conta que escrever muito também não é sinônimo de qualidade, então seja preciso e claro no que for desenvolver. Não existe uma quantidade certa de palavras para determinar o rankeamento. Lembre-se que vai depender do projeto que irá desenvolver, o importante é que a quantidade de palavras estejam em harmonia com o texto.  

 

SEO OFF 

Com o SEO ON você pode controlar o seu conteúdo, já com o SEO OFF é o contrário, porém influencia da mesma maneira o seu rankeamento nos mecanismo de busca. Vejamos alguns exemplos:

Link building

Quando você acessa uma página, é comum se deparar com palavras que linkam para outras páginas. É comum usar esse mecanismo em textos na web para poder embasá-lo ou para apenas fazer uma referência. Ao fazer isso você demonstra que aquele site é uma fonte confiável sobre o assunto.

Por isso, o link building é um fator muito importante do SEO OFF por ser o responsável na identificação da autoridade de sua página dentro dos mecanismos de busca. Se o site que estiver linkando seu conteúdo tiver uma autoridade grande no google, isso também ajuda.

Autoridade 

Se seu site é novo, provavelmente ele não vai estar bem rankeado logo de cara, mas é essencial você olhar a concorrência e entender algumas características que os levaram a ficar na página inicial. 

Estar há bastante tempo na rede é importante, mas não é o suficiente. Não se preocupe se o seu site não estiver bem agora, ao seguir os outros tópicos isso irá te ajudar.

Localidade

O Google procura levar em conta também a localidade da pessoa para mostrar os resultados. Caso queira criar um site para sua loja, restaurante ou qualquer outro tipo de comércio é necessário considerar isso. 

Imagina que você criou um site para o seu restaurante que fica localizado no Rio de Janeiro, quando alguém for pesquisar algo para comer na região é provável que seu restaurante apareça. 

E agora?

Se você já estava produzindo textos para internet e ainda não sabia sobre as técnicas não tem problema. Volte ao conteúdo que foi produzido até agora e os ajuste de acordo com as técnicas de SEO. Análise o desempenho dos seus textos antes e depois de adaptá-los. Reflita sobre o que pode melhorar. 

Caso esteja começando algo de zero, tente desde já produzir o conteúdo dentro das estratégias de SEO. Não se preocupe se já tem algo parecido dentro da rede. Você pode construir algo diferente do que já é feito. Mãos à obra.

 

Por Yuli Santana